Lifestyle

Ladies and Gentlemen, The Rolling Stones

Relançamento de Goats Head Soup, loja na Carnaby Street em Londres e lançamento
de música na pandemia só confirmam a longevidade dos roqueiros que tem quase
80 anos de idade.

Nenhum outro grupo na face da terra pode se dar ao luxo de ser comparado aos roqueiros britânicos, pois eles continuam “alive and kicking and rolling”. E pensar que na década de 60, quando eles surgiram, alimentavam o sonho de ser apenas a melhor banda de blues do Reino Unido. Foram muito além. The Rolling Stones, que são hoje Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ron Wood, continuam cantando, fazendo turnês e se renovando em plataformas digitais e relançamentos de obras – comprovadamente clássicas. E detalhe: todos estão prestes a completar 80 anos. Conheça algumas notícias recentes que andam agitando velhos e novos fãs.

  1. Goats Head Soup foi relançado em parceria com a Pantone

Imortalizado na mente dos fãs por trazer a canção Angie, o álbum Goats Head Soup gravado em 1973, foi relançado em 2020 com três canções inéditas –  Criss Cross, All the Rage e Scarlet (em parceria com Jimmy Page e Rick Grech). Para marcar o evento, o grupo fez uma parceria com a Pantone (um dos maiores guia de cores do mundo) e colocou no mercado 500 cópias exclusivíssimas de vinis vermelhos. Está tudo esgotado, claro!

2. Mick Jagger não queria posar com um tecido de chifon na cabeça

O grupo chamou David Bailey para fotografar a capa do disco, que à época de seu lançamento, não causou o estardalhaço que se seguiria a cada movimento dos Stones. O fotógrafo sugeriu ao cantor que cobrisse o rosto com um tecido rosa de chifon, assim como Katharine Hepburn fez no filme Uma Aventura na África, de 1951, dirigido por John Huston. Mick não gostou muito da ideia, mas topou. O grupo também surge em fotos no interior do álbum com as cabeças embaladas.

3. Carnaby Street, número 9, é o endereço da loja da banda

Sempre quis uma relíquia oficial do grupo? De olho nesse mercado milionário do rock, o grupo inaugurou recentemente em Londres uma loja recheada de produtos temáticos. Discos, roupas, pôsters e quinquilharias estão disponíveis no número 9 da Carnaby Street, uma das icônicas ruas que fizeram a fama da Swingin’ London da década de 60. O acervo da Urban Arts também têm obras inspiradas nos Rolling Stones, corre para o instagram para descobrir!

4. Novas plataformas para os velhos roqueiros

The Rolling Stones migrou com sucesso para as novas plataformas de música e mídias sociais. Durante a pandemia, lançaram a canção Living in a Ghost Town, no Spotify, e em breve chegam vídeos inéditos de concertos no YouTube. Mick e Keith são ativos no Instagram e acumulam milhares de seguidores e se posicionam contra o racismo e temas contemporâneos. 

E aí, qual a sua música preferida dos Rolling Stones? Conta pra gente nos comentários!

1 comentário

  1. Adorei a matéria !!! Sensacional !!!
    Adorei as obras dos artistas que pertencem ao acervo da UrbanArts !!!
    Sugestão : Façam uma promoção semelhante com os Beatles !

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: