Após se consolidar como pioneira no mercado de arte contemporânea, marca apresenta sua nova identidade visual, comunicação e posicionamento  

Interior da Urban Arts Vilaboim. Foto: Renato Navarro.

Nos últimos 13 anos, a Urban Arts se consolidou no mercado de arte contemporânea e se tornou pioneira no setor, com suas 33 galerias espalhadas pelo Brasil e um acervo com mais de 250 mil obras assinadas por mais de 9 mil artistas parceiros. Desde sua criação, em 2009, pelo empresário André Diniz, um apaixonado por design e ilustração, a empresa busca tornar a arte acessível e, com isso, tem transformado a vida de muitos clientes e artistas, que hoje vivem desse trabalho.

Agora, a Urban Arts vive um novo momento em que quer elevar o seu status por meio de uma nova identidade visual, comunicação e posicionamento, dando um passo importante para se diferenciar ainda mais e se mostrar mais ousada e contemporânea.

Esse é o nosso grande desafio e oportunidade de estar, mais uma vez, na vanguarda do mercado: uma nova Urban Arts democrática, inclusiva, incentivadora e reveladora de novos artistas e, por fim, formadora de novos colecionadores, que têm acesso à educação artística e às obras de arte que merecem reconhecimento, valorização e, claro, um lugar de destaque nos lares de todas das pessoas”, diz André Diniz, fundador da Urban Arts.

Seguindo esse conceito, diferentemente da versão anterior, que era mais colorida e dinâmica, surge um novo logotipo, clean e contemporâneo, criado com a segurança e a confiança de quem reafirma o seu protagonismo – que pertence à arte, aos artistas e aos novos colecionadores. A partir dele, há toda uma mudança de identidade visual tanto no digital – E-commerce, Instagram, Youtube, Facebook, Pinterest e blog –, como em todos os materiais impressos.

Com o novo posicionamento, a principal mensagem da marca “Espalhando arte”, uma verdade absoluta que foi firmada ao longo dos anos, se transforma para valorizar os novos protagonistas, artistas e colecionadores de arte: “Espalhando arte, revelando artistas, formando colecionadores”.

Ao assumirmos essa nova missão, reafirmamos o compromisso original e expandimos a imagem da Urban Arts como um hub de desenvolvimento do segmento de Fine Arts através de uma conexão mais ampla entre artistas e novos colecionadores de arte, mantendo arquitetos e decoradores como facilitadores desse movimento”, explica Monise Romero, diretora comercial da marca.

Para elevar seu status em direção ao art world, a marca pretende desenvolver mais coleções com artistas renomados e curadores contemporâneos, formando um novo acervo de obras limitadas e certificadas, entrando, assim, para as coleções dos consumidores que hoje determinam os rumos da arte no mundo.

A nova identidade visual da Urban Arts tem como destaque o novo projeto arquitetônico das suas galerias. Para isso, a marca convidou o renomado arquiteto Luciano Dalla Marta, para assinar não só as novas fachadas das franquias que já existem, como também o projeto de interiores de todas as novas lojas que serão abertas futuramente.

Tendo a Urban Arts Vilaboim,recém-inaugurada loja em São Paulo, como padrão estético e funcional, todas as lojas terão um modelo expositivo mais leve, dinâmico e próximo das experiências visuais oferecidas pelas grandes instituições de fomento e comercialização de arte. Para isso, trabalha com materiais modernos, como o policarbonato e o granilite, além de cores sóbrias, como o branco, o cinza e o preto.Desta forma, todos os endereços da marca vão passar por uma transformação, que ocorre inicialmente em suas fachadas, até julho de 2023.

Fachada da Urban Arts Vilaboim. Foto: Renato Navarro.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: