Arquideco

Na contramão do virtual e minimalista: o Maximalismo voltou com tudo!

Da moda à decoração, tendência explora combinações de cores vibrantes, diferentes texturas e variação de estilos

⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅

Em tempos de pandemia, home office de pijama, interações virtuais em excesso e NFT’s – no qual o toque foi limitado por meio da tela fria dos celulares, monitores, tablets e leitores digitais – uma tendência ressurge na contramão dessa realidade, e já pode ser notada nas principais feiras de arte, mostras de design e eventos de moda: o maximalismo voltou com tudo!

Obras: Abstract Line Art Nude, por ThingDesign / Peixes Vermelhos de Matisse, por Dani Purper

Os tons de cinza e bege das mantas e roupas de dormir estão dando espaço para as cores intensas, mistura de estampas e materiais. O toque, até então limitado ao virtual, ressurge com texturas diferentes sendo exploradas em conjunto.

Aliás, o novo tempo que se apresenta é de ousadia e irreverência. A exemplo da Pantone, empresa referência mundial em consultoria de cores, que ao anunciar a aposta de cor do ano para 2022 (um tom de violeta), justificou que a escolha da tonalidade se deu por representar a confiança despreocupada e a curiosidade ousada necessárias para as pessoas enfrentarem o universo de possibilidades que se abre após dois anos de pandemia e isolamento.

Já na moda, nos principais eventos que começaram a ocorrer desde o fim do ano passado, como no MET Gala, além das Fashion Week Milão; Nova York e São Paulo, o brilho, tons vibrantes e peças ‘oversized’ dominaram as novas coleções e ‘looks’ apresentados.

Esquerda: Traje do rapper Lil Nas X durante o MET Gala 2021 Foto: divulgação/Instagram @lilnasx / Direita: Obra DIVINDADE, por Gabriel Martins

Na decoração não poderia ser diferente: em contraponto ao minimalismo, é possível observar o uso de objetos ecléticos e uma decoração livre, valorizando a mistura de cores e texturas.

Não é necessário dosar nas combinações, a ideia desse conceito é fugir monotonia. Para isso, além de investir em peças marcantes e de diferentes materiais, tapetes, arazzos, almofadas e obras de arte cheias de cor são excelentes opções.

Obras: Círculo Piet Mondrian II, por Danilo de Alexandria / Blue Vertigo, por Mendeso / Red Heart!, por Rafael Miranda
Almofada: Tudo Azul, por Kiev

Com um acervo de mais de 190 mil obras de arte assinadas por cerca de 9 mil artistas independentes, na Urban Arts, cor e ousadia não faltam. Seja para criar um ambiente totalmente maximalista ou apenas trazer um pouco mais de irreverência para dentro de casa, aproveite para conferir uma seleção de peças perfeitas para essa tendência!

Já conhecia o estilo maximalista? Conte pra gente se você aplicaria essa proposta de decoração no seu projeto e aproveite para conferir outras obras como estas em nosso site!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: