3 erros ao decorar com quadros 

Confira os principais erros cometidos na hora de montar uma decoração com obras de arte e aprenda como evitá-los

⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅

Obras de arte são capazes de encher a casa de vida e personalidade, além de possibilitar uma infinidade de composições e opções para a sua parede. No entanto, para você alcançar o efeito desejado com os quadros no décor, é muito importante que você evite cometer alguns erros comuns, mas que podem influenciar muito no seu projeto.

Curioso para saber quais são eles? No #UAblog de hoje separamos os 3 erros mais cometidos na hora de decorar com quadros e as principais dicas para evitá-los. Vem com a gente!

Obras: Dark Or Light, Black Butterfly, Abacaxi Dourado, Brise Tape Gold e Believe In Yourself – Be You

1. Errar a posição do quadro na parede

Muito acima, descentralizado, tamanho desproporcional ao ambiente – é possível errar o posicionamento do quadro na parede de diversas formas. Mas como fugir disso?

Antes de mais nada, você deve se atentar a escolha do local em que o quadro será encaixado. Ou seja, se abaixo do quadro haverá um móvel, se ele será pendurado sozinho ou em composição com outras peças e, principalmente, a altura dele em relação ao chão.

Se o quadro for pendurado, o mais indicado é posicioná-lo na altura dos olhos (com o centro do quadro a cerca de 1m60cm do chão). Além disso, se ele for colocado acima de um móvel como, por exemplo, o sofá, é importante haver pelo menos 50cm entre o sofá e a obra.

Também é fundamental levar em conta o tamanho e o formato da arte que você irá utilizar para evitar que o projeto fique sem harmonia.

Se o local for pequeno, pode ser o caso de utilizar apenas um quadro. Já se houver muito espaço na parede, uma composição com mais de duas artes pode oferecer o equilíbrio necessário.

Outra dica é utilizar a “regra dos 3/4”:  ao criar uma composição, é importante que a área ocupada por ela seja equivalente a dois terços da largura do móvel. Por exemplo, em um sofá com dois metros, a composição acima dele deve ter até um metro e trinta.

Obras: São João – Ipiranga – São Paulo e Linhas Arquitetônicas

2. Escolher uma arte sem levar em conta o estilo da decoração

Você já decorou sua casa, definiu o lugar para posicionar o quadro e escolheu a obra, mas na hora que montou tudo, algo ficou diferente do imaginado: a arte não combinou com o seu estilo de decoração.

Para evitar isso, é muito importante que você leve em conta a proposta da decoração do seu ambiente na hora de escolher o seu quadro da Urban Arts.

Por exemplo, artes geométricas trazem um ar mais moderno e contemporâneo ao ambiente. Já fotografias de natureza são capazes de trazer boas lembranças ou são ideais para projetos que prezam pela contemplação e aconchego. Colagens podem marcar um décor irreverente e despojado. Imagens urbanas, por outro lado, são ideais ambientes com decoração industriais.

Nem por isso é necessário se prender a somente um estilo de obra, desde que com equilíbrio, também é possível abraçar dois estilos na mesma composição.

Obras: She 9 H da Helo e She 9 G da Helo, por Helo Moraes

3. Desconsiderar a paleta de cores do projeto

Além do estilo da obra, as cores presentes nela devem guiar a sua escolha. Para isso, um truque é observar, principalmente, as cores e acabamentos presentes nos móveis grandes. Depois, tentar notar quais delas mais se destacam no ambiente.

Um quadro colorido e vibrante, por exemplo, pode se tornar um ponto de destaque no espaço. Ou então, é capaz de equilibrar a decoração em um ambiente com o aspecto muito “frio” e sem vida.

Já em um ambiente que o bege ou o tom claro da madeira predominam, uma alternativa pode ser incluir quadros em tons terrosos, rosáceos e verdes.

Mas atenção! Se você já conta com um ambiente onde o sofá, parede, ou algum grande móvel que seja colorido, cuidado com o exagero. Para isso, prefira apostar em obras com tons mais neutros, apenas com detalhes na cor em destaque no ambiente.

Por fim, outro erro comum é escolher quadros com uma arte que tenha um fundo da mesma cor da parede. Nesses casos, evite a obra ou selecione uma moldura que se destaque no projeto para corrigir.

O que achou dessas dicas? Comente aqui e aproveite para tirar alguma dúvida!

E agora que você já sabe como acertar na hora de decorar com quadros, o seu maior desafio será escolher entre as mais de 190mil opções de obras disponíveis na Urban Arts! No site você encontra peças de variados estilos e que atendem aos mais exigentes gostos. Aproveite!

One reply to “3 erros ao decorar com quadros 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star