Arte

Quando as roupas da Dua Lipa inspiram o décor 

Brincamos com o closet da cantora que já tem três prêmios Grammy e imaginamos como seria decorar ambientes com o universo particular da inglesa

⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅

Seja no cenário musical, na moda ou no mundo digital, a cantora britânica Dua Lipa é um fenômeno. Dona de uma voz potente e estilo ousado, a artista de apenas 25 anos acumula uma legião de fãs e números incríveis: são três Grammys conquistados, é a cantora mais jovem a bater um bilhão de views em um clipe no youtube e já conta com mais de 64 milhões de seguidores no Instagram @dualipa.

No seu closet, a originalidade combinada à assinatura de grandes estilistas conferem a essa diva do pop – que teve uma breve carreira como modelo – o selo de criadora de tendências.

Dua Lipa em apresentação no Grammy 2021

Com um estilo que transita entre o sportswear e o retrô anos 80, podemos considerar Dua Lipa como uma verdadeira maximalista – mistura de estampas, texturas, cores intensas e irreverência sempre aparecem em seus looks, que inspiram milhares de pessoas pelo mundo.

E apesar de serem universos distintos, moda e decoração compartilham tendências que traduzem o tempo em que vivemos. Pensando nisso, no #UAblog de hoje trouxemos alguns ambientes para você inspirar o décor da sua casa no guarda-roupas da Dua Lipa. Vem com a gente!

No maximalismo a regra é clara: não tenha medo de misturar e ousar. E se ousadia é a palavra-chave, tanto os ambientes quanto as peças de roupa que seguem essa tendência trazem uma verdadeira explosão de cores, figuras geométricas e texturas para as criações.

Obra 1: Be Wild, por Clarine Ramos / Obra 2: Alone But Together, por ElenaIvanPapa / Obra 3: I Don’t Care, por Clarine Ramos

Tons de rosa constantemente figuram nos looks da cantora britânica . No decór, essa tonalidade aliada a diferentes texturas amplia a sensação de acolhimento e tranquilidade – essa cor também é uma das favoritas dos nascidos entre 1994 e 2009, conhecidos como a Geração Z.

Obra 1: Sesc Pompeia Linhas, por Vanessa Volk / Obra 2: Copacabana – Ipanema, por Renato Kolberg / Obra 3: Abstrato Bird Man Quadrado Parte II, por Danilo de Alexandria

A clássica combinação entre o preto e o branco, apesar de tradicional, não tem nada de monótona. Tanto na moda quanto na decoração, quando explorado de maneira correta e aliado a diferentes padronagens, o P&B pode ser sinônimo de personalidade e sofisticação.

Obra 1: How Do You Feel Today 3, por Nathalie Edenburg / Obra 2: Cubismo Circo, por Mosh / Obra 3: Circo Alegre, por Mosh

O estilo urbano e contemporâneo é marcante. Contrastando com o cinza das grandes metrópoles, essa proposta mescla cores vivas e formas geométricas, sempre prezando pelo conforto – seja no mobiliário ou nas roupas.

E você, o que achou dessas combinações? Já conhecia a tendência maximalista? Aproveite para explorar nosso site e conhecer outras obras como essas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s