Arte

Inspire-se na ancestralidade negra de Dalton Paula 

Artista goiano que teve seis telas incorporadas recentemente ao acervo do MoMA, em Nova York, homenageia figuras como Zumbi dos Palmares e rompe com o estereótipo de rostos e corpos negros

                                    

Zumbi dos Palmares representado por Dalton Paula.  Foto: Joerg Lohse

O artista goiano Dalton Paula, 38, conquistou um feito marcante: teve seis de suas obras integradas ao acervo de um dos principais museus do mundo, o MoMA (Museum of Modern Art), em Nova York.

Com peças produzidas a partir da técnica conhecida como fotopintura, – fotografias coloridas à mão – os retratos em exposição homenageiam grandes personalidades negras do passado e buscam romper com as representações estereotipadas dos negros e sua ancestralidade.

O artista goiano Dalton Paula. Foto: Diomício Gomes/O Popular

Entre as peças agora presentes no acervo do museu, as representações de alufá Rufino (ex-escravizado que teve sua história contada em livro), Zacimba Gaba (princesa angolana escravizada que lutou por seu povo) e Zumbi dos Palmares.

O artista explora em suas obras a ideia de que as simbologias e valores dessas ancestralidades estão presentes e se manifestam ainda hoje na sociedade. Assim, ele visita quilombos de Goiás e fotografa os nativos e lideranças atuais, para usar os traços e feições como base para suas representações das personalidades do passado.

Dalton é nascido em Brasília e criado em Goiânia, onde mora até hoje. Sua paixão pelo desenho vem da infância, quando ilustrava mangás e se encantou pelas visitas realizadas ao museu de Belas Artes da capital. No entanto, para manter as contas em dia e garantir seu sustento, Dalton seguiu a profissão de bombeiro, que exerceu por uma década.

Sua primeira exposição ocorreu na galeria Sé, em 2014. Nesses seis anos, o artista vivenciou uma acelerada ascensão, participando de diversos eventos e exposições que garantiram sua visibilidade nas principais mostras do Brasil, sempre elogiado pelas críticas nacional e internacional.

Na Urban Arts é possível encontrar diversas obras que retratam a ancestralidade negra e toda a simbologia presente nesses traços. São centenas de peças, desde retratos fotográficos e pinturas à artes digitais com a temática.

Já conhecia o artista e suas obras? Aproveite para explorar todo acervo da Urban e comente aqui o que achou desse artigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: